T +55 11 2598.2669 gericke.br@gerickegroup.com

Fabricação de tintas: como levar seu processo a um novo patamar

por set 15, 2020Tintas, Massas e Texturas, Transporte Pneumático0 Comentários

A fabricação de tintas evoluiu bastante nos últimos anos, com indústrias se preparando para atender às necessidades do mercado nacional e internacional, por isso vem investindo em inovação e pesquisa de forma contínua.

Plantas brasileiras já priorizam a fabricação de tintas com tecnologia de ponta e alto grau de competência técnica, sendo comparável aos mais avançados centros mundiais de produção.

Porém, obstáculos constantes e conjunturas econômicas turbulentas exigem que a indústria da tinta sempre busque por mudanças para lidar com esses cenários desafiadores.

Saiba mais sobre alguns dos principais desafios na fabricação de tintas e as soluções que podem ajudar a conduzir o setor a um novo patamar.

Fabricação de tintas: cenários com muitos obstáculos a serem superados

As tintas são produtos essenciais, sendo utilizadas para proteger, aumentar a durabilidade e valorizar praticamente todos os tipos de produtos e estruturas.

Mesmo em um dos momentos mais desafiadores da história em decorrência da pandemia, perspectivas para o médio e longo prazo são favoráveis diante de um mercado amplo e que apresenta inúmeras oportunidades.

A indústria de tintas seguirá em seu processo contínuo de evolução, acompanhando e antecipando-se às tendências globais e locais, tanto no que se refere às demandas da sociedade, quanto às exigências crescentes de novas regulações, além da adoção mais acelerada de digitalização de processos.

Para tanto, o setor precisa se guiar para evoluir e superar grandes desafios que a fabricação de tintas ainda reserva, como veremos a seguir.

Desafio 1: Recepção de matérias-primas

Em uma linha de produção as tintas e revestimentos costumam ser constituídos de diversos tipos de matérias-primas em forma de pó, incluindo pigmentos, cargas minerais e resinas.

Muitas destas matérias-primas em pó possuem propriedades de manejo com características bastante desafiadoras. Isso é resultado da natureza extremamente fina e frequentemente coesiva de algumas delas.

Em muitas fábricas o processamento ainda ocorre de maneira manual, o que resulta em aumento da quantidade de pó disperso no ambiente. Por isso é preciso investir em tecnologia para melhor recepção destes materiais, sendo quase mandatório fazer a descarga de caminhões, big bags e sacos de maneira que esse processo seja livre de poeira e evite perda de insumos.

Neste cenário, a Gericke oferece soluções automatizadas para melhorar o recebimento de matérias primas e abertura de sacos, armazenagem intermediária e preparação automática de receitas, garantindo a entrega dos materiais em pó aos tanques de dispersão e dissolução com mais qualidade e eficiência.

As soluções da Gericke, 100% aderentes à norma NR12, podem eliminar ou reduzir significativamente a dispersão de pós e iniciar o processamento da matéria-prima de maneira muito mais segura.

Desafio 2: Lidar com materiais difíceis e propriedades desafiadoras

Para a fabricação de tintas, massas e texturas há o uso constante de matérias-primas muito diferentes, em forma de pó, incluindo pigmentos, cargas minerais e resinas. Assim, é comum utilizar diferentes graus de Dióxido de Titânio, Dolomitae Carbonatos, que precisam ser fornecidos aos tanques com agitação.

Porém, o manuseio destas matérias-primas com propriedades específicas, extremamente finas, com alta densidade e com tendência para se aglomerar é um grande desafio, pois pode causar problemas recorrentes ao processo de fabricação, além de paradas para manutenção e baixa produtividade.

Mais uma vez, a Gericke tem soluções automatizadas para lidar com qualquer tipo de material em pó, até mesmo os mais problemáticos como o dióxido de titânio.

Além disso, os centros de testes da Gericke na Europa, Ásia e nas Américas, trabalhando em conjunto com a filial brasileira, desempenham um papel importante na definição correta do projeto e especificações de equipamentos em uma planta destinada à fabricação de tintas.

Com isso é possível testar o processo proposto utilizando o próprio insumo sob condições reais. Isso oferece mais tranquilidade para se obter a melhor solução.

Desafio 3: Adotar estratégias para aumentar a eficiência no transporte das matérias-primas

Na fabricação de tintas, a etapa de transporte das matérias-primas até os misturadores é uma das que mais proporcionam oportunidades para aumentar a eficiência do processo. Uma dessas oportunidades é adotar métodos alternativos aos “slurries”, que dependem da dispersão na forma líquida.

A Gericke fornece soluções que proporcionam economia neste processo, de modo que o manuseio do pó seja automatizado de ponta-a-ponta, desde a recepção da matéria prima até a etapa de combinação dos elementos minerais.

Com essa tecnologia, os compostos de revestimento em pó são adicionados diretamente nos misturadores ou dispersores. A vantagem disso é que as partículas se movam sem aquecer ou induzir um efeito de pressão.

Por todos esses aspectos, a introdução do componente líquido pode ser realizada apenas na etapa da mistura, o que aumenta bastante a eficiência e o controle do processo de fabricação de tintas. Além disso, preservar as características das partículas durante o transporte de sólidos representa um fator econômico que cria vantagens competitivas decisivas para fábricas de tintas.

Desafio 4: Conduzir o processo de fabricação a um novo patamar de segurança, qualidade e eficiência

O quarto e último desafio em busca da perfeição no processo de fabricação de Tintas, Massas e Texturas é conduzir o processo para um novo patamar, aumentando a segurança, qualidade e eficiência.

Essa é uma necessidade recorrente, pois a concorrência neste setor é cada vez mais acirrada e isso pressiona indústrias a buscar saltos em tecnologia e inovação para ganhos mais expressivos.

Neste cenário de alta competitividade a Gericke pode ser uma grande aliada de fábricas, representando a plataforma ideal para que estas realizem esses saltos de forma sustentada e eficiente.

O foco da Gericke é auxiliar na elaboração da solução correta para o processo e seleção dos equipamentos adequados para cada necessidade, o que abrange:

  • Novos sistemas, modernização ou expansão de linhas existentes
  • Pesquisa por soluções e avaliação de variantes
  • Testes de performance
  • Especificação da tecnologia do processo e fim de linha
  • Planejamento de custo e tempo, com a determinação de custos básicos para cálculo de investimento necessário

 

Em sua jornada de mais de 125 anos de know-how e desenvolvimento de tecnologia, a Gericke oferece soluções para recebimento, transporte pneumático, dosagem, mistura e automação, inclusive em projetos turnkey sob medida, permitindo uma fabricação mais segura e eficiente, sempre priorizando a qualidade e confiabilidade do processo produtivo.

Saiba mais sobre as soluções para tintas, massas e texturas da Gericke.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também