T +55 11 2598.2669 gericke.br@gerickegroup.com

4 cuidados na implantação do sistema de transporte pneumático de pó

por out 10, 2019Transporte Pneumático2 Comentários

Um sistema de transporte pneumático de pó é útil em empresas diversas, desde a indústria química até a indústria alimentícia, passando pela farmacêutica, mineração e diversas outras. Materiais sensíveis e frágeis podem ser transportados com praticidade e desperdício praticamente zero.

Se você lida com matérias-primas e produtos sensíveis, sabe da dificuldade de fazer o transporte de pó na indústria. Um sistema de transporte pneumático de pó pode ser a solução para muitos desses desafios, desde que devidamente projetado e instalado. Entenda neste texto o que isso quer dizer!

Desafios do transporte de pós

Alguns dos desafios que precisam ser superados durante o transporte de pós na indústria são o possível desperdício e o risco de contaminação do material.

Além disso, quando se transporta esses materiais por outros sistemas, é necessário utilizar uma velocidade baixa justamente para evitar perdas e danificação do pó transportado. Isso significa que a produtividade fica comprometida. Esse não é o caso, porém, de um sistema de transporte pneumático de pó.

Como um sistema de transporte pneumático de pó contribui para a produtividade

A opção por esse tipo de sistema de transporte muitas vezes se baseia em um dos seus principais diferenciais — a possibilidade de ganhar em produtividade e eficiência. Esse sistema é vantajoso em relação a outros tipos de transporte em diversas situações. Veja agora como ele pode contribuir para a produtividade.

Estanqueidade

É um sistema estanque e pode ser projetado para atender altas exigências em termos de higiene e limpeza. Isso já elimina o problema das perdas e da possível contaminação dos materiais transportados.

Velocidade adaptável ao material e ao processo

Sem a possibilidade de desperdiçar material, o sistema de transporte pneumático de pó permite que a velocidade seja aumentada consideravelmente.

Isso é feito sempre respeitando a natureza do material transportado, já que a velocidade é totalmente adaptável às características físicas da matéria-prima a ser movimentada. Dependendo das propriedades do pó, a velocidade pode ser aumentada ou reduzida, garantindo que materiais sensíveis tenham um tratamento adequado.

Vários pontos de partida ou vários receptores

Em um sistema de pressão positiva, o material é empurrado através da tubulação e pode ser levado a pontos diferentes. Os diversos receptores podem ser projetados conforme a necessidade do seu processo.

Já no sistema com pressão negativa, uma bomba faz a sucção na saída do sistema. Assim, o pó é puxado da entrada para o final da tubulação. Nesse caso, o sistema pode ter vários pontos de partida que convergem para uma única saída. Isso garante flexibilidade ao sistema e adaptação às necessidades do processo produtivo.

4 cuidados na implantação do sistema de transporte pneumático de pó

Se você está considerando implantar um sistema de transporte pneumático de pó na sua indústria, saiba que precisará tomar alguns cuidados para garantir todas as vantagens e a produtividade do sistema. Veja 4 pontos de atenção!

1. Considerar todas as propriedades do material a ser transportado

O sistema de transporte pneumático de pó é completamente adaptável à aplicação, e isso inclusive é uma das suas vantagens. Para que essa característica seja bem aproveitada, é preciso conhecer e levar em conta as propriedades do material a ser transportado.

Para que o sistema funcione com boa produtividade e tenha uma vida útil prolongada, ele deve ser implantado levando em conta itens como tamanho das partículas, densidade do material, presença de umidade, abrasividade, toxicidade, ponto de fusão e possível inflamabilidade do material.

2. Planejar corretamente distâncias e curvas

A distância a ser percorrida e a quantidade de curvas existente no sistema são pontos essenciais do projeto e da implantação. Isso porque eles determinam a pressão que será necessária e, consequentemente, os equipamentos a serem instalados.

Quanto maior a distância e mais curvas existirem, maior será a perda de carga dentro do sistema e isso deve ser levado em conta na hora de implementar o sistema de transporte pneumático de pó.

3. Garantir pressão e vazão adequadas

Falando em perda de carga, é preciso atentar para que a pressão necessária esteja sempre disponível no sistema. Isso significa, além de dimensionar corretamente o compressor ou bomba necessário, checar também a qualidade do ar e certificar que todo o sistema seja montado corretamente para não surgirem vazamentos.

Na outra ponta do sistema está o coletor de pó, que vai filtrar o volume transportado para separar o material do ar. Certifique-se também que o filtro tem capacidade para processar toda a vazão que está prevista no sistema.

4. Prestar atenção à qualidade do sistema e do fornecedor

O sistema de transporte pneumático de pó é um dos preferidos por muitas indústrias por causa da boa produtividade, custo-benefício atrativo, fácil manutenção e flexibilidade, entre outras vantagens.

No entanto para assegurar que elas estejam presentes no seu sistema de transporte pneumático de pó é preciso prestar atenção à qualidade do sistema e à experiência do seu fornecedor. Caso um sistema de baixa qualidade seja escolhido, você corre um sério risco de ver a sua produtividade cair e o retorno sobre seu investimento desaparecer.

Por isso, na hora de escolher, atente-se para as credenciais, experiência e atendimento do fornecedor. Certifique-se de usar materiais e equipamentos de qualidade na implantação do seu sistema de transporte pneumático de pó para aproveitar todas as vantagens dessa solução.

E então, você acha que o sistema de transporte pneumático de pó pode ser útil na sua empresa?  Saiba mais sobre equipamentos e sistemas para transporte pneumático no site da Gericke!

2 Comentários

  1. Alexandre

    Na minha opinião faltou abordar as questões da fase densa e fase diluída. Como avaliar é determinar qual a melhor aplicação?

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também